Mais do mesmo? Veja 12 novidades de “Call of Duty: Advanced Warfare”


Por Pablo Raphael

Com jogos que vendem milhões de unidades todos os anos, a série “Call of Duty” costuma ser criticada por uma suposta falta de inovação e culpada de todos os males da indústria dos games.

“Mais do mesmo”, dizem os críticos de plantão. Mas quem joga “Call of Duty” para valer, sabe que não é bem assim. Toda edição do game traz novos elementos, principalmente nas modalidades multiplayer.

Não é a toa que os fãs se dividem entre os que gostam dos jogos da Infinity Ward (estúdio da linha “Modern Warfare” e “Ghosts”) e os que preferem os games da Treyarch (dos recentes “Black Ops”). Cada produtora possui um estilo distinto, que se reflete nas regras de cada “Call of Duty”.

Com “Advanced Warfare”, um terceiro estúdio entra na roda. A Sledgehammer Games trabalhou com a Infinity Ward em “Modern Warfare 3”, mas só agora teve a oportunidade de produzir seu próprio “Call of Duty” – e não economizou nas novidades para o multiplayer.

Para ajudar você a se preparar para “Advanced Warfare”UOL Jogoslista a seguir as doze principais novidades do novo “Call of Duty”:

  • DivulgaçãoResponsável pela nova movimentação, o Exoesqueleto tem habilidades e ‘perks’ próprios

1. EXOESQUELETO

O exoesqueleto é a principal novidade de “Advanced Warfare” em relação aos jogos anteriores da série. No modo multiplayer, o acessório traz todas as funções vistas na campanha solo, que alteram bastante a dinâmica das batalhas.

A movimentação com o Exo é verticalizada através do “Boost Jump”, um ‘pulo duplo’ bem ao estilo de shooters mais voltados para a ficção-científica (“Halo”, “Killzone”, Crysis”, “Titanfall”, “Destiny”… a lista é grande). Outros dois movimentos muito úteis são o Boost Dodge e Boost Dash, que permitem deslocamento rápido na horizontal (o primeiro no chão, o segundo no meio do salto).

Completa o pacote de movimentos o Boost Slam: você mergulha com tudo no meio do salto, em uma descida rápida que serve tanto para se esconder rapidamente quanto para eliminar um inimigo ao cair sobre ele.

2. HABILIDADES

O Exoesqueleto pode ser personalizado (inclusive exibindo o emblema do jogador), mas as modificações vão além da estética e incluem habilidades especiais para usar em combate.

Você pode escolher uma entre várias habilidades em cada partida. Com elas, é possível planar, ficar invisível ou defletir granadas. Cada uso é limitado e consome bateria do Exoesqueleto.

Para os jogadores mais ‘puristas’, será possível desabilitar o Exoesqueleto ao organizar partidas multiplayer.

3. PERKS

“Perks” são pequenas vantagens que o jogador pode equipar nas partidas multiplayer de “Call of Duty”, conseguindo pequenos bônus ou alterando mecânicas para favorecer um determinado estilo de jogo.

COM QUE ROUPA EU VOU?

  • Divulgação
  • Farda? Regata? Capacete ou óculos escuros? “Advanced Warfare” terá centenas de opções para personalizar o soldado no modo multiplayer

Em “Advanced Warfare”, há perks específicos para o Exoesqueleto, capazes de aumentar a vida útil da bateria do acessório, por exemplo.

4. PICK 13

Inspirado pelo “Pick 10” de “Black Ops II”, o Pick 13 é o sistema de criação de classes de “Advanced Warfare”. Aqui, o jogador tem treze pontos para criar o soldado com que vai jogar, escolhendo armas primárias e secundárias, Perks, granadas e outros atributos.

Será possível ter entre zero e quatro pontos de “Scorestreaks”, as recompensas obtidas ao conseguir uma determinada pontuação sem morrer numa partida.

Com o Pick 13, você adequa o personagem ao estilo de jogo, dispensando equipamentos que não domina (como granadas ou uma arma secundária), em favor de uma vantagem extra ou mais pontos de Scorestreak, por exemplo.

5. SUPPLY DROPS

O sistema de ‘supply drops’ de “Advanced Warfare” é uma variação ao XP e ao dinheiro em jogos anteriores: além de ganhar experiência conforme progride no game, você ganha prêmios aleatórios.

São centenas de prêmios, divididos em níveis de raridade. Os itens incluem modificações para armas, equipamentos para personalizar o soldado e cartas de Scorestreak.

Esses cards funcionam mais ou menos como as cartas de “Titanfall”: são usadas uma única vez e ativam um Scorestreak de nível alto (como matar 10 ou 20 inimigos sem morrer, por exemplo).

MELHOR DOS MUNDOS?

  • Divulgação“Advanced Warfare” une o sistema “Pick” de “Black Ops II” com os Scorestreaks de “Modern Warfare 3” , além de introduzir novidades como os Supply Drops

6. VARIAÇÕES DAS ARMAS

O arsenal de “Advanced Warfare” é desbloqueado conforme você ganha experiência, da mesma forma que nos “Call of Duty” anteriores. Cada arma, porém, conta com 10 variações, adquiridas pelos ‘supply drops’.

Cada variação traz atributos levemente modificados, como uma escopeta com tranco reduzido ou maior alcance. Essas variações também podem ser incrementadas e alteradas com os acessórios (miras, apoios, pentes maiores e assim por diante).

7. PERSONALIZAÇÃO DOS SOLDADOS

“Advanced Warfare” traz muitas opções para personalizar os soldados. Você pode alterar partes específicas da roupa, como capacete, óculos, mangas, botas e muito mais.

Boa parte dos itens cosméticos são liberados via ‘supply drop’. Também está de volta o editor de emblemas, que agora podem ser vistos no Exoesqueleto do soldado.

O soldado que você criou é exibido no lobby junto com seus troféus ou conquistas de destaque, níveis de Prestige e outras realizações dignas de ostentação.

8. ESTANDE DE TIRO

Uma adição bem vinda em “Advanced Warfare” é o ‘Firing Range’, ou, em bom português, Estande de Tiro.

Você pode entrar no estande na tela do Pick 13 ou entre um mapa multiplayer e outro. É uma sala escura, com vários alvos próximos e afastados. Aqui, você pode praticar tiro ao alvo e experimentar as modificações e combinações de equipamentos que selecionou para o soldado.

É uma sala de treino útil tanto para os novatos pegarem o jeito do game e do arsenal sem entrar no fogo cruzado do multiplayer, quanto para os veteranos que gostam de fazer aquele ajuste fino nas armas entre uma partida e outra.

9. SCORESTREAKS

Para a alegria dos fãs de “Modern Warfare 3”, o sistema de ‘Scorestreaks’ retorna em “Advanced Warfare”. Com este sistema, você marca pontos não só por matar inimigos seguidos, mas também ao realizar ações que contribuem para o avanço da partida. Há inclusive uma categoria de suporte, que mantém os pontos caso o jogador morra.

Você pode personalizar os ‘streaks’, criando variações nos equipamentos ao custo de pontos adicionais para ativação. Por exemplo, uma Turret custa 500 pontos de ativação, mas por mais 100, você troca a munição disparada pela arma por mísseis.

A aquisição de módulos para os ‘streaks’ independe do sistema de ‘Pick 13’, valendo para qualquer ‘Scorestreak’ equipado pelo jogador.

10. MAPAS VERTICAIS

“Advanced Warfare” contará com treze mapas no lançamento (14 se você adquirir a edição de colecionador ou o Passe de Temporada do jogo).

  • DivulgaçãoManobras verticais alteram a dinâmica de combate em “Advanced Warfare”

Os novos mapas são planejados para o uso do Exoesqueleto, com uma camada vertical extra em comparação aos cenários de jogos anteriores. É o caso em “Ascend”, um mapa com vários andares e cheio de elevadores.

Os mapas do novo “Call of Duty” herdaram de “Ghosts” o sistema de ‘Map Scorestreak’, que ativam efeitos especiais para complicar a partida.

O mapa “Riot”, por exemplo, se passa em uma prisão onde o ‘Map Scorestreak’ ativa sistemas de segurança que apontam a localização de inimigos em áreas abertas da arena.

11. UPLINK

Em todo “Call of Duty” os produtores experimentam com novas modalidades competitivas. Em “Advanced Warfare” a bola da vez é ‘Uplink’.

Nessa modalidade, dois times lutam pelo controle de um pequeno drone esférico, com o objetivo de arremessar o drone no gol do adversário, que fica flutuando em uma parte específica do mapa. Jogar o drone no gol vale 1 ponto, mas se passar com ‘bola’ e tudo, usando o Exoesqueleto, ganha 2 pontos.

O jogador que tem o satélite não pode atirar, mas pode jogar o drone em um inimigo. Para vencer é preciso muita coordenação da equipe e conhecer bem o mapa onde está rolando a partida.

Vale notar, ‘Uplink’ é uma evolução do ‘Grifball’, modalidade presente em alguns jogos da série “Halo”.

12. MODO COOPERATIVO

“Advanced Warfare” terá um modo de jogo cooperativo para até 4 jogadores. Chamada ‘Exo Survival’, a modalidade funciona de forma similar ao modo Horda da série “Gears of War” ou ao “Safeguard”, um dos modos de jogo de esquadrão de “CoD: Ghosts”.

Aqui, grupos de quatro jogadores lutam para sobreviver ao avanço de ondas de inimigos em mapas fechados. Cada onda é mais forte e perigosa do que a sequência anterior. O modo “Exo Survival” exigirá trabalho em equipe e também o domínio da movimentação vertical proporcionada pelo Exoesqueleto..

 

Deixe um comentário =)